203 views

Estavamos indo para Howth mas mudamos para conhecer Skerries, Fingal – Dublin, Irlanda

Posted on

Skerries encontra-se em terreno levemente inclinado próximo da costa, que é parcialmente ignorada por penhascos baixos. Há colinas ao redor, incluindo Mill Hill, onde há muito tempo um moinho de vento está localizado. A cidade possui cinco ilhas ao largo da costa chamadas Shenick Island, St Patrick’s, Colt e a formação de Rockabill, que compreende “The Cow” e “The Calf”, separados por um canal estreito. Há também a Ilha Vermelha, que é uma ilha ligada.

De acordo com uma referência no Livro de Armagh, escrita por volta do ano 800 dC, nos tempos antigos as ilhas ao largo da costa de Skerries eram conhecidas como “ilhas dos filhos de Cor”. Elas são chamadas por esse nome no Livro de Armagh, que foi escrito por volta do ano 800 dC Este antigo nome irlandês sugere que as ilhas foram nomeadas em homenagem às pessoas que viviam sobre, ou perto delas, os descendentes de um homem chamado Cor. Está registrado nos anais de Munster que no ano 797A.D. os dinamarqueses realizaram um de seus primeiros ataques na Irlanda quando saquearam o mosteiro na Igreja da Igreja. St. Mochonna fundou este mosteiro logo depois que St. Patrick chegou à Irlanda.

O prefixo holm em Holmpatrick também é uma antiga palavra dinamarquesa que significa porto. Em 1148, um sínodo muito importante foi realizado na Ilha da Igreja. Foi convocado por Saint Malachy, o arcebispo de Armagh, para resolver as diferenças entre os cristãos irlandeses e o papa. Quinze bispos, duzentos sacerdotes e outros clérigos estavam presentes. Em conexão com as decisões tomadas no Sínodo, St. Malachy foi enviado a Roma para discussões com o Papa. Ele nunca chegou a Roma quando morreu a caminho da França, no mosteiro de Clairvaux, na presença de São Bernardo. Em 1256, o mosteiro foi transferido para o continente, pois os monges pensavam que uma ilha era inadequada como local de um mosteiro.

Isso foi feito com a permissão de Henry de Londres, o arcebispo de Dublin, após um pedido dos monges. Este movimento criou o mosteiro de Holmpatrick. Com o tempo, o mosteiro começou a se unir à vila piscatória de Skerries para formar o coração da cidade, como a conhecemos. Em 1488, um homem chamado Lambert Simnel afirmou ser rei da Inglaterra e foi realmente coroado em Dublin. O rei Henrique VII enviou forças para a Irlanda para reprimir essa rebelião e algumas dessas forças desembarcaram em Skerries. Quando Silken Thomas se rebelou contra o rei da Inglaterra em 1534, ordenou que seus seguidores se reunissem em Skerries. No entanto, o lorde tenente tinha conhecimento de seus planos e os frustrou com sucesso. Ele tinha quatro navios, que não podiam ser rebocados, queimaram no porto e levaram vários botes.

O novo mosteiro de Holmpatrick floresceu. Alguma idéia de sua importância pode ser obtida pelo fato de ter sido suprimido por Henrique VIII em 1538 antes da dissolução geral dos mosteiros. Seu nome próprio era “O Mosteiro dos Cânones Regulares da ordem de Santo Agostinho”. O que finalmente aconteceu nos prédios do monstro não está claro. Nem um traço deles permanece. O local é marcado pela torre quadrada no cemitério Holmpatrick, tudo o que resta da antiga igreja protestante. Em 1565, após a reforma, o mosteiro e suas terras tornaram-se propriedade de Thomas Fitzpatrick. Em 1605, a mansão e as terras de Holpatrick foram concedidas a Earl of Thomand.

In 1565, after the reformation, the monastery and its lands became the property of Thomas Fitzpatrick. In 1605 the manor and lands of Holpatrick was granted to Earl of Thomand. In 1721 the last Earl sold the manor and lands, including the town of Skerries, to the Hamilton family of Hacketstown. In 1897 the Hamilton family were granted the title of Lord Holmpatrick. Comparisons between maps of Skerries drawn in 1703 and 1760 suggest that the Hamilton family was responsible for setting out the streets of the town as they are today. Between 1863 and 1865 a monument to the memory of James Hans Hamilton was erected in Skerries. The Monument is a reduced scale replica of the Wellington Monument in Phoenix Park.

The following inscription is on the four panels at the base of the Monument. This Monument was erected in memory of James Hans Hamilton Esq. M.P. Abbotstown House, Co. Dublin by the tenantry of his severel estates viz.: Holmpatrick, Dublin, Meath, Carlow, Down and Queens County in testimony of their esteem for him as a kind friend and benevolent landlord. He represented this County in Parliament for twenty-two years and died 19th june 1863. James Hans Hamilton repesented County Dublin in Parliament. It would be far more accurate to say that Ms.P. then repesented their own interests and the interests and the interests of the landowning class to which they belonged. Voting in those days was public and it was only in 1872 that the secret ballot paper was first introduced. Tenants entitled to vote gathered at Balbriggan Courthouse and as the registrar called out their names, they shouted out the name of the landowner for whom they wished to vote.

Como recompensa pela votação, o inquilino recebeu meia coroa (agora = 16 c.), Uma quantia substancial então, pelo agente do proprietário. Situado como está, o monumento foi construído como o ponto focal da cidade velha. Está agora no coração do centro comercial e comercial da cidade. Após o levante de 1916, um Destruidor Britânico desembarcou tropas em Skerries para ajudar as guarnições de Dublin a suprimir o levante. 200 homens do Regimento de North Staffordshire desembarcaram sob o comando do capitão Clay. Para tentar impedir seu progresso em Dublin, rebeldes locais explodiram a ponte sobre a ferrovia em Donabate.

Assista nosso vídeo no YouTube, e inscreva-se em nosso canal:

Text Credits: VisitSkerries

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *